Lopes é absolvido, e comanda Atlético-PR no clássico

O Atlético Paranaense ganhou um reforço de peso para o clássico deste domingo, contra o Coritiba. Trata-se do próprio técnico Antônio Lopes, que foi absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quinta-feira. O Pleno do Tribunal aceitou o recurso do clube e removeu a suspensão de 30 dias imposta no julgamento em primeira instância.

AE, Agencia Estado

22 de outubro de 2009 | 22h16

A decisão, que permitirá ao treinador comandar o time do banco de reservas, se sobrepõe ao efeito suspensivo que liberava a presença do treinador à beira do gramado nos últimos jogos.

Lopes foi punido com a suspensão de 30 dias por causa dos problemas ocorridos na partida contra o Flamengo, no dia 6 de setembro. Na ocasião, o treinador foi expulso de campo no final do primeiro tempo ao esbarrar no trio de arbitragem na saída para o intervalo. No primeiro julgamento, Lopes acusou o assistente Altemir Hausmann de ter lhe dado um "encontrão" e disse que teria feito um Boletim de Ocorrência para registrar o episódio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.