Lopes garante Élber na seleção

O coordenador-técnico da seleção, Antônio Lopes, afirmou neste sábado que o atacante Élber, do Bayern de Munique, não terá problemas para atuar pela equipe brasileira durante a Copa América. "Eles (Bayern) vão ter que liberar. A competição é oficial e, pelos estatudos da Fifa, eles são obrigados a fazer isso", frisou.Apesar do otimismo do treinador, Élber, que hoje estava em Londrina, viajou à tarde para São Paulo, onde à noite estava previsto o embarque para a Alemanha. "Queria muito ficar, mas falei com os diretores do Bayern e eles me pressionaram para retornar. O problema é que não consigo falar com ninguém da CBF. Liguei para a casa do professor Luiz Felipe e ninguém atendeu", considerou.Élber lembrou que o atacante Jardel, do Galatassaray, está com o mesmo problema e, ambos, temem não poder voltar a tempo para a apresentação da seleção na segunda-feira. O jogador está confiante em participar da Copa América, pois acredita que o clube não terá como impedí-lo, por ser uma competição da Fifa.Lopes considerou que a recusa dos clubes em ceder os jogadores pode estar baseada no fato de que a comunicação oficial da CBF, sobre suas convocações, "ter chegado quando todos estavam fechados". Segundo o coordenador da seleção, o responsável por informar aos clubes e os jogadores sobre a convocação é o administrador da comissão técnica, Mauro Félix."O Mauro sempre fica responsável pela comunicação e, desta vez, não foi diferente. O problema do fuso deve ter feito os documentos chegarem tarde na Europa e já não deveria ter mais ninguém nos clubes", explicou Lopes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.