Lopes garante que fica na seleção

Ao desembarcar nesta terça-feira, no Aeroporto Internacional do Rio/Tom Jobim, o ainda coordenador-técnico da seleção brasileira, Antonio Lopes, garantiu que não foi contratado o técnico da seleção, apesar de todas as indicações de que Luiz Felipe Scolari já estaria efetivado na função.Ele reagiu com surpresa ao afirmar que fará os contatos nesta terça-feira, juntamente com o presidente Ricardo Teixeira, para efetivar o novo treinador para seleção. "Não houve nenhum contato por enquanto", disse antes de acrescentar que Scolari era um bom nome.Lopes informou que manteve dois contatos com Ricardo Teixeira até agora. Sobre a sua permanência no cargo de coordenador, Lopes foi enfático ao dizer que permanece. "Meu cargo é de confiança do presidente Ricardo Teixeira, eu saio quando o presidente sair", disse ele, negando os rumores de sua demissão.

Agencia Estado,

12 de junho de 2001 | 08h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.