Lopês vê 'empate justo' para o Atlético-PR em Rondônia

O técnico Antônio Lopes acredita que o empate por 2 a 2 do Atlético-PR com o Vilhena, na última quarta-feira à noite, fora de casa, na estreia da Copa do Brasil, foi um bom resultado para a equipe de Curitiba pelo futebol apresentado pelo time no confronto disputado em Rondônia.

AE, Agencia Estado

11 de fevereiro de 2010 | 12h27

"O time deles (do Vilhena) é bem organizado, tem velocidade e eles correram mais do que a gente. Nosso time não se apresentou muito bem. Melhoramos no segundo tempo mas não foi o suficiente para vencer a partida. Foi um empate justo pelo que os dois times fizeram", afirmou Lopes, que cobrou um melhor futebol da equipe no confronto de volta, no próximo dia 24, na Arena da Baixada.

"O time tem que produzir mais jogando em nosso reduto. Tenho certeza que eles (jogadores do Vilhena) não jogam assim normalmente. Eles se multiplicaram hoje (quarta-feira) porque jogaram em casa", analisou.

O volante Chico, por sua vez, ficou satisfeito com o empate por 2 a 2 com o Vilhena, lembrando que os gols marcados fora de casa deixam o Atlético-PR em vantagem para o duelo de volta. "Um empate sem gols ou por 1 a 1 coloca a gente na próxima fase. Conhecendo a equipe deles fica mais fácil o próximo jogo. Eles jogaram o jogo da vida. Faltou entrar no espírito de luta que eles entraram. O importante é que fizemos um bom resultado", ressaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.