Lori Sandri é o novo técnico do Sertãozinho

Com a meta de manter a equipe na elite do Paulistão, treinador estréia neste sábado contra o Santos

Agência Estado,

28 de fevereiro de 2008 | 15h38

Lori Sandri é o novo técnico do Sertãozinho. O acerto aconteceu na tarde desta quinta-feira. O treinador chega para substituir Luis Carlos Barbieri, demitido na última segunda. "Tenho visto os jogos do Sertãozinho pela televisão e o time tem condições de se recuperar. A equipe foi bem montada e tem jogadores de qualidade. Tenho certeza que dá para brigar por uma vaga no Título do Interior, ou na pior das hipóteses conquistar uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série C", afirmou o entusiasmado técnico. Com 58 anos, Lori Sandri já comandou importantes equipes do Brasil como Atlético Mineiro, Inter-RS, Atlético Paranaense, Coritiba-PR, Criciúma-SC, Paraná Clube, Santa Cruz-PE, Juventude-RS, Vitória-BA, Goiás-GO, além de ter trabalho no Oriente Médio e no Japão. Em São Paulo, o gaúcho Lori Sandri comandou América de Rio Preto, Marília, Guarani, Bandeirante de Birigüi, Juventus, Inter de Limeira, Botafogo de Ribeirão Preto e outras equipes do interior mineiro e catarinense, como Figueirense e Criciúma. Após a derrota, por 3 a 2, para o Paulista, o time grená ficou na perigosa 16.ª colocação, com apenas 11 pontos. Neste sábado, às 18h10, o Sertãozinho encara o Santos, em casa, às 18h10, pela 12.ª rodada do Estadual.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão A-1Sertãozinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.