Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Loss minimiza pressão e diz que Pedrinho é reserva por questão tática no Corinthians

Técnico diz que atacante perdeu a posição no time titular por opção e não questão física e jogador garante respeitar decisão

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2018 | 05h00

Embora o protagonista da vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Cruzeiro tenha sido Romero, o atacante Pedrinho também deixou a Arena Corinthians como um dos melhores em campo, embora tenha começado a partida no banco de reservas. Ao final do jogo, o técnico Osmar Loss comentou sobre o momento do jogador e disse que ele deixou a equipe por uma opção tática.

+ Romero diz que vitória ajuda o Corinthians a recuperar confiança após saída de jogadores

+ Em noite iluminada de Romero, Corinthians derrota o Cruzeiro na arena

+ Após cobranças e ameaça da torcida, Corinthians anuncia entrevista para dar explicações

"Ele pode jogar os 90 minutos, mas é uma questão tática e escolhas que nós fizemos. Vamos ver depois da recuperação de todos. Assim como o Pedrinho foi bem, o Jadson foi bem e o Danilo Avelar foi bem também. Todos foram bem. E quando a gente fala só do Pedrinho, parece que quer criar uma situação que não tem", disse o comandante corintiano.

O atacante adota o mesmo discurso de quando era titular, sob o comando de Fábio Carille. "Fico feliz em todo o momento que eu entro, consigo ajudar a equipe e, às vezes, mudar o estilo de jogo. A gente quer ser titular e mostrar, mas se eu falar que quero jogar, estarei desrespeitando os meus companheiros", disse. 

Pedrinho entrou no decorrer do primeiro tempo, no lugar de Jonathas, que saiu machucado, com dores na coxa direita. O atacante passará por exames nesta quinta-feira para saber a gravidade da lesão. 

Próximos jogos do Corinthians

Domingo, às 11h: Vasco - Mané Garrincha (Brasileiro)

01/08, às 21h45: Chapecoense - Arena Corinthians (Copa do Brasil)

04/08, às 21h: Atlético-PR - Arena Corinthians (Brasileiro)

08/08, às 21h45: Colo-Colo - Estádio Monumental (Libertadores)

12/08, às 16h: Chapecoense - Arena Condá (Brasileiro)

15/08, às 21h45: Chapecoense - Arena Condá (Copa do Brasil)

18/08, às 19h: Grêmio - Arena Corinthians (Brasileiro)

22/08, às 16h: Fluminense - Maracanã (Brasileiro)

26/08, às 16h: Paraná - Arena Corinthians (Brasileiro)

29/08, às 21h45: Colo-Colo - Arena Corinthians (Libertadores)

02/09, às 16h: Atlético-MG - Arena Corinthians (Brasileiro)

05/09, às 21h45: Ceará - Castelão (Brasileiro)

09/09, às 16h: Palmeiras - Allianz Parque (Brasileiro)

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansPedrinhoOsmar Lossfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.