Lothar Matthäus é o novo técnico da seleção da Bulgária

Ídolo da seleção alemã nas décadas de 80 e 90, o ex-meia Lothar Matthäus chegou a um acordo para ser o novo treinador da Bulgária e assinou contrato por um ano, com possibilidade de extensão para dois, segundo anunciou o presidente da federação local, Borislav Mihailov.

AE-AP, Agência Estado

21 de setembro de 2010 | 12h13

De acordo com o dirigente, Matthäus, que substitui Stanimir Stoilov, será oficialmente apresentado à imprensa dentro de alguns dias e já estará no banco, comandando os búlgaros, diante do País de Gales, pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2012, no dia 8 de outubro.

O alemão não tem muita experiência como treinador, mas já passou pela seleção da Bulgária, em 2004, sem sucesso. Entre os clubes que dirigiu estão Rapid Vienna, Red Bull Salzburg e Atlético-PR, em 2006. Na equipe paranaense, ele colecionou problemas com a imprensa e os árbitros. Acabou pedindo para deixar o time.

Como jogador, Lothar Matthäus é considerado um dos maiores ídolos alemães de todos os tempos. Fez carreira no Bayern de Munique e na Inter de Milão. Pela seleção, participou de cinco Copas do Mundo (1982, 1986, 1990, 1994 e 1998), sendo campeão em 1990 e vice em 1982 e 1986.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBulgáriaLothar Matthäus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.