Reuters
Reuters

Lotus anuncia troca de chefe de equipe na Fórmula 1 para 2014

Eric Boullier deixa o posto e dá espaço para Gérard Lopez comandar a equipe

Agência Estado

24 de janeiro de 2014 | 09h17

ENSTONE - A Lotus anunciou oficialmente nesta sexta-feira a saída do francês Eric Boullier do posto de chefe da equipe na Fórmula 1 e confirmou Gérard Lopez como substituto no cargo. O dirigente luxemburguês também já vinha atuando como copresidente da escuderia baseada em Enstone, na Inglaterra, e seguirá desempenhando essa função paralelamente ao novo posto que assumirá.

A equipe, que perdeu o finlandês Kimi Raikkonen para a Ferrari ao fim da última temporada, neste ano contará com a dupla formada pelo venezuelano Pastor Maldonado e pelo francês Romain Grosjean como pilotos titulares. E o time vem passando por uma fase de reestruturação e ficará fora dos primeiros testes coletivos da pré-temporada da F-1, marcados para acontecer na próxima semana, em Jerez de la Frontera, na Espanha.

"A fim de continuar fortalecendo nossa estrutura administrativa, para aumentar ainda mais o papel de Genii (apelido de Lopez) na equipe e reduzir a diferença entre as atividades estratégicas, comerciais e esportivas, a Lotus tem o prazer de anunciar que seu coproprietário, Gérard Lopez, vai combinar sua posição no conselho com o papel de chefe principal com efeito imediato. Como resultado disso, as outras responsabilidades da presidência serão compartilhadas com o copresidente Andy Ruhan", informou a equipe, por meio de um comunicado oficial.

Neste cenário de mudança, a Lotus também prometeu nesta sexta-feira que irá apresentar novos parceiros comerciais e patrocinadores quando exibir o seu novo carro para 2014, o E22, no início do primeiro teste da pré-temporada da F-1, em 19 de fevereiro, no Bahrein. "O time também vai confirmar sua estrutura organizacional para 2014 antes deste teste. A direção do time, o carro e o portfólio de parceiros vão ilustrar a vontade e o desejo de continuar sua busca para se tornar um dos times mais fortes da F-1 em todos os sentidos", completou o comunicado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFórmula 1Lotusvelocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.