Louis van Gaal pode treinar a seleção da Bélgica

O técnico holandês Louis van Gaal, que acaba de ser campeão holandês pelo AZ Alkmaar, foi convidado para assumir o comando da seleção da Bélgica, que está sem treinador desde o começo deste mês, com a demissão de Rene Vandereycken, após duas derrotas seguidas para a Bósnia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

AE, Agencia Estado

24 de abril de 2009 | 10h48

Segundo a emissora NOS, a Federação Belga de Futebol já fez um convite ao treinador, e aguarda uma resposta. O contrato de Van Gaal com o AZ vai até junho de 2010, mas há uma cláusula que permitia sua liberação sem multa rescisória em caso de convite de quatro seleções: Holanda, Alemanha, Espanha e Argentina.

O AZ conquistou no fim de semana seu segundo título holandês, o primeiro desde 1981, e se mantém como o único clube do país desde 1964 a romper o domínio de Ajax, PSV Eindhoven e Feyenord. Van Gaal, de 57 anos, tem no currículo passagens por vários clubes, o principal deles o Barcelona, além de ter treinado a seleção holandesa de 2000 a 2002 - ficou marcado pela não-classificação para a Copa do Mundo do Japão e da Coreia do Sul.

A seleção da Bélgica, que foi a esse Mundial mas não esteve presente em 2006, está em situação bem complicada nas Eliminatórias para 2010: com 7 pontos em seis jogos, está em quarto lugar no Grupo 5, a cinco pontos da vice-líder Bósnia e a 11 da Espanha, que está muito perto de assegurar a vaga na Copa a ser disputada na África do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.