Carl Recine/Reuters
Carl Recine/Reuters

Löw admite que inexperiência atrapalhou alemães, mas exalta triunfo na Rússia

Técnico enaltece atuação da Alemanha na vitória sobre Camarões por 3 a 1 deste domingo

Estadão Conteúdo

25 de junho de 2017 | 16h30

O técnico da Alemanha, Joachim Löw, festejou a vitória por 3 a 1 sobre Camarões neste domingo, em Sochi, em jogo válido pela terceira e última rodada da Copa das Confederações - e que colocou a sua equipe nas semifinais da competição -, mas destacou que a inexperiência deste grupo levado para o torneio realizado na Rússia trouxe instabilidade ao time no início da partida.

"É por nossa culpa que não tenhamos marcado mais cedo. Alguns dos meus jogadores não têm experiência, estavam nervosos porque um erro poderia ter nos eliminado. Camarões deu espaço para que marcássemos no primeiro tempo, mas não aproveitamos isso", analisou o treinador alemão, que optou por convocar uma seleção quase toda de novatos para esta Copa das Confederações, na qual usa a competição para dar bagagem aos jovens que poderão ser convocados para a Copa do Mundo de 2018.

Löw, porém, exaltou que o mais importante foi ter conseguido superar as adversidades e saído de campo com mais uma vitória. "Estou muito orgulhoso do meu time. Conseguimos avançar para as semifinais e como o melhor dos quatro times do grupo. Não era necessariamente o que esperávamos. Então, tenho que dizer que estou cheio de orgulho deles", ressaltou o comandante, lembrando que a própria juventude desta seleção não o fazia crer que a Alemanha garantiria a liderança do Grupo A desta Copa das Confederações.

MARCA HISTÓRICA

O triunfo sobre Camarões determinou uma marca na carreira do técnico Joachim Löw, de 57 anos, que chegou ao 150º jogo e à centésima vitória no comando da Alemanha, desde que assumiu a seleção, após a Copa do Mundo de 2006, substituindo Jürgen Klinsmann. Neste grande período, Löw teve o seu trabalho a longo prazo com a campanha que levou a Alemanha ao título da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Na Copa das Confederações, a seleção alemã - primeira colocada do Grupo A - enfrentará na fase semifinal o México, que se classificou em segundo lugar no Grupo B. O jogo está marcado para a próxima quinta-feira, às 15 horas (horário de Brasília), no Estádio Olímpico de Sochi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.