Divulgação
Divulgação

Löw vê Bayern mais forte que rivais, mas diz que título não é fácil

Vidal foi o principal reforço da equipe para temporada 2015/16

Estadão Conteúdo

12 de agosto de 2015 | 13h20

Tricampeão com sobras, o Bayern de Munique deve chegar mais forte ainda para a disputa da temporada 2015/2016 do Campeonato Alemão. Afinal, o elenco do técnico Pep Guardiola ganhou os reforços do chileno Arturo Vidal e do brasileiro Douglas Costa, além do jovem meia alemão Joshua Kimmich, titular da seleção sub-21. Em compensação, só perdeu Schweinsteiger.

Para o técnico da seleção alemão, Joachim Löw, o Bayern abre a competição, neste sábado, contra o Hamburgo, como favorito ao título. Mas o treinador lembra que o tetracampeonato, que escapou em outras três oportunidades, não vai cair no colo.

"As chegadas de Arturo Vidal e Douglas Costa fizeram do Bayern um time mais flexível, de forma que a qualidade do plantel à disposição de Pep Guardiola é quase sem comparação. Isso não significa, porém, que o título já é deles. O desenvolvimento de Wolfsburg é impressionante", comentou Löw, em referência ao vice-campeão do ano passado, que se reforçou com o centroavante. Max Kruse, do Borussia Mönchengladbach.

O treinador da Alemanha, entretanto, foi político na entrevista publicada no site da confederação alemão: "No entanto, outros times também têm o potencial para decidir o destino do título da liga - não está gravado na pedra que o Wolfsburg é a única equipe que pode desafiar o Bayern".

Get Adobe Flash player

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.