Luan celebra volta para casa, mas evita festa em jogo do Vasco no Espírito Santo

Formado nas divisões de base do Vasco, o zagueiro Luan trocou cedo o Espírito Santo, onde nasceu, pelo Rio. Por isso, o próximo compromisso do time no Campeonato Carioca será especial, afinal, o time jogará em Cariacica, sábado, diante do Boavista. Nesta quinta-feira, então, ele comentou sobre a sua motivação para o confronto pela segunda rodada da Taça Guanabara.

Estadão Conteúdo

17 de março de 2016 | 13h43

"Estou muito feliz e motivado por ter a chance de voltar ao meu estado, dessa vez para jogar. Espero que o nosso time faça um grande jogo e presenteie a torcida com uma bela vitória. Posso garantir que iremos dar a vida dentro de campo. Teremos muito apoio no Espírito Santo, tenho certeza disso. Não tenho dúvidas de que a nossa recepção será sensacional", afirmou o camisa 4.

Apesar do confronto ser especial, Luan descarta qualquer clima de festa e lembra as dificuldades que o time terá pela frente. O Boavista realizou a melhor campanha entre os times pequenos na primeira fase do Campeonato Carioca e começou a Taça Guanabara com vitória.

"O Boavista se destacou na primeira fase e por isso chamou atenção de todos. Vai ser um jogo muito difícil, até porque eles possuem um bom time. Não esperamos nenhum tipo de facilidade, muito pelo contrário, mas estamos confiantes. Trabalhamos bastante na semana com o objetivo de fazer um grande jogo e conquistar os três pontos. Sobre a festa, ela é só da torcida. Nós jogadores temos que estar concentrados do primeiro ao último minuto", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
VascoFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.