Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Luan perde pênalti no fim e Grêmio empata com o Cruzeiro em casa

Tricolor gaúcho perde chance de se aproximar do líder São Paulo com empate por 1 a 1, pelo Brasileirão

Estadão Conteúdo

22 Agosto 2018 | 23h46

O Grêmio ficou no empate por 1 a 1 com o Cruzeiro nesta quarta-feira, em sua Arena, em Porto Alegre, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time tricolor saiu atrás do marcador, buscou o empate e teve a oportunidade de virar. Mas Luan perdeu um pênalti aos 37 minutos do segundo tempo e o duelo terminou empatado.

O resultado é péssimo para o Grêmio que perdeu a oportunidade de encostar na liderança. Com o empate, a equipe do técnico Renato Gaúcho foi a 37 pontos e se manteve em quarto lugar, a cinco de distância do São Paulo, o primeiro colocado. O Cruzeiro é o sétimo na tabela, com 27.

O destaque da partida ficou pelos dois belos gols. Bruno Silva abriu o placar para o Cruzeiro no último minuto do primeiro tempo ao acertar belo chute de primeira. Everton empatou para o Grêmio após jogada individual e um chute cruzado no ângulo do goleiro Fábio. Luan parou nas mãos de Fábio, que na semana passada já havia pegado três cobranças do Santos e garantido o Cruzeiro na semifinal da Copa do Brasil.

GRÊMIO E CRUZEIRO FAZEM JOGO EQUILIBRADO

No duelo desta noite, enquanto que Renato mandou a campo o que tinha de melhor, com exceção do goleiro Marcelo Grohe, machucado, Mano poupou os jogadores de meio-campo Lucas Silva, Robinho e Thiago Neves. Além deles, Henrique, Dedé e Edilson estavam de fora por desgaste muscular.

Em campo, os times fizeram um duelo bastante equilibrado. Luan criou a primeira oportunidade para o Grêmio e Fábio fez a defesa. No minuto seguinte, Barcos respondeu para o Cruzeiro e obrigou Paulo Victor.

O Grêmio tocava a bola no ataque, Everton e Luan se movimentavam bastante, mas faltava o chute a gol. O Cruzeiro tentava ser mais preciso no ataque e incomodou mais o goleiro Paulo Victor. O primeiro gol saiu aos 44 minutos. Barcos escorou de cabeça para o meio da área e Bruno Silva bateu de primeira no ângulo direito do goleiro gremista: 1 a 0.

Insatisfeito com a atuação do time tricolor, Renato mandou a equipe de volta com duas alterações: Jael entrou na vaga de André e o meia Alisson substituiu o lateral-direito Léo Moura. A equipe melhorou e chegou ao empate com um belo gol de Everton. Ele avançou pelo lado esquerdo, invadiu a área e bateu cruzado para as redes.

O Grêmio mantinha a pressão. Mano então mandou a campo dois de seus titulares: Thiago Neves e Lucas Silva. Mas o time tricolor dominava completamente a partida. Cortez perdeu grande chance ao receber livre dentro da área pelo lado esquerdo. Mas ele nem cruzou e nem chutou a gol e a bola saiu por cima da meta de Fábio.

Aos 37 minutos, o Grêmio teve a bola do jogo para alcançar a vitória. Egídio chegou atrasado na jogada e derrubou Alisson dentro da área. Pênalti. Luan cobrou e Fábio voou no canto esquerdo para fazer a defesa. O goleiro cruzeirense ainda pegou um chute de Alisson nos acréscimos e segurou o resultado.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no sábado pela 21ª rodada da competição. O Grêmio visitará o Atlético-PR, na Arena da Baixada, às 19h. A tendência é que Renato Gaúcho poupe os titulares, pois na terça-feira a equipe terá o jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, contra o Estudiantes, em Porto Alegre. O time gaúcho perdeu o jogo de ida por 2 a 1.

O Cruzeiro receberá o Fluminense, no Mineirão, às 21h. Mano Menezes também deverá manter o rodízio na equipe, pois na quarta-feira vai encarar o Flamengo, em Belo Horizonte, também pela Libertadores. O time mineiro venceu o jogo de ida por 2 a 0.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 1 CRUZEIRO

GRÊMIO - Paulo Victor; Léo Moura (Alisson), Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jailson (Douglas), Maicon, Ramiro; Luan, André (Jael) e Everton. Técnico: Renato Gaúcho.

CRUZEIRO - Fábio; Ezequiel (Robinho), Léo, Murilo e Egídio; Lucas Romero, Ariel Cabral (Lucas Silva), Bruno Silva, Rafinha e Arrascaeta (Thiago Neves); Barcos. Técnico: Mano Menezes.

GOLS - Bruno Silva, aos 44 minutos do primeiro tempo, e Everton, aos 15 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Ramiro e Everton (Grêmio); Ariel Cabral, Barcos e Ezequiel (Cruzeiro).

PÚBLICO - 12.773 pagantes (14.559, no total).

RENDA - R$ 398.680,00.

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.