Luca Toni diz que pretende voltar a jogar na Itália

Em recuperação de uma lesão no tendão de Aquiles, o atacante Luca Toni, do Bayern de Munique, revelou nesta quinta-feira que pretende voltar a jogar no futebol italiano, com o objetivo de ser chamado para a disputa da Copa do Mundo de 2010.

AE, Agencia Estado

08 de outubro de 2009 | 15h15

"Minha experiência na Alemanha tem sido positiva. Eu marquei 60 gols em dois anos. Mas, agora, seria bom retornar para Itália", afirmou Toni, em entrevista à uma rádio italiana. "Esta é a última Copa do Mundo que eu tenho chance de jogar. Eu venci uma e gostaria de tentar de novo".

Toni, que se destacou no Palermo e na Fiorentina antes de se transferir para o Bayern em 2007, não atua pela Itália desde a eliminação da equipe na primeira fase da Copa das Confederações, disputada em junho, na África do Sul.

"Minha primeira opção é a Itália. No ano passado, eu não pude dar tudo de mim, mas agora eu estou melhor e quero receber uma chance de ajudar a seleção", disse Toni, que já teve seu nome ligado ao Milan e ao Napoli para a janela de transferências de janeiro.

A Itália precisa de apenas um empate contra a Irlanda em Dublin, no sábado, para garantir presença no Mundial da África do Sul. Se os atuais campeões mundiais forem derrotados, tentarão obter a vaga contra o Chipre, na próxima quarta-feira, em Parma, na última rodada do Grupo 8 das Eliminatórias Europeias.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolItáliaLuca Toni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.