Luca Toni diz que quer ficar na Roma após empréstimo

Um dos reforços da Roma para a atual temporada, o atacante Luca Toni afirmou neste sábado que quer permanecer no clube italiano ao fim do seu contrato de empréstimo. O jogador, que pertence ao Bayern de Munique, acertou vínculo com a Roma por apenas seis meses.

AE, Agencia Estado

16 de janeiro de 2010 | 11h31

"Eu farei de tudo para poder permanecer na Roma", declarou o atleta ao jornal La Gazzetta dello Sport. Luca Toni se transferiu para a equipe italiana depois de ser relegado ao banco de reservas pelo técnico do Bayern, Louis Van Gaal.

Na Roma, o atacante, de 32 anos, espera se manter em evidência para conquistar uma espaço na seleção italiana que participará da Copa do Mundo da África do Sul. Luca Toni foi campeão mundial com a Itália em 2006, mas não tem sido convocado pelo técnico Marcello Lippi desde a decepção da equipe na Copa das Confederações do ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRomaLuca Toni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.