Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Lucas ainda sonha com a convocação à Copa do Mundo

Volante espera ter uma oportunidade na partida desta quarta-feira contra a Venezuela pelas Eliminatórias

Amanda Romanelli e Marcius Azevedo, Agencia Estado

13 de outubro de 2009 | 18h50

O volante Lucas não teve muitas chances com Dunga. Mas o jogador ainda sonha em ficar com uma das vagas no grupo que vai à África do Sul, para a disputa da Copa do Mundo do ano que vem. Para isso, ele espera ter uma oportunidade nesta quarta-feira, em um lugar especial.

Veja também:

linkLuís Fabiano coloca vitória na frente de artilharia

especialMAPA - Os países que já garantiram vaga na Copa

Eliminatórias da Copa - tabela Classificação | lista Tabela 

especial ELIMINATÓRIAS - Mais no canal especial

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O jogador do Liverpool poderá jogar pela primeira vez pela seleção brasileira no Mato Grosso do Sul, estado onde nasceu. Lucas é natural de Dourados, cidade que fica a 224 km de Campo Grande, local da partida contra a Venezuela, pela última rodada das Eliminatórias.

"Estou contente, nunca imaginei jogar pela seleção na minha terra", afirmou o volante nesta terça-feira. A família de Lucas estará quase completa no Estádio Morenão para acompanhar o jogo diante dos venezuelanos. "Está todo mundo aí, já chegaram."

Ele espera fazer uma boa apresentação se entrar em campo. Mas não para agradá-los. O alvo é o técnico Dunga. "A briga agora está cada vez mais difícil, poucos jogos e convocações, se tiver oportunidade é tentar carimbar minha vaga na Copa."

O volante acredita que ainda há tempo para ficar entre os 23 jogadores que estarão no Mundial. "Até maio, muita coisa pode acontecer, são lesões, jogadores que não estão na melhor fase. Eu já estou um tempo na seleção, mas não joguei tantas partidas, é aproveitar cada momento", discursou. "Quero ganhar uma vaga dentro de campo, mas fora também, no comportamento."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.