Lucas atribui gols ao auxílio dos meias do Botafogo

O lateral-direito Lucas apareceu bem no ataque nas últimas partidas do Botafogo, tanto que marcou dois gols em quatro jogos, incluindo o da conquista do título da Taça Guanabara, na decisão contra o Vasco, vencida por 1 a 0. Ainda colhendo os frutos desses gols, o jogador disse que está conseguindo ser mais ofensivo graças ao trabalho de outros jogadores, principalmente os meias, na marcação do time.

AE, Agência Estado

20 de março de 2013 | 15h57

"Oswaldo dá essa liberdade para a gente, tanto eu como o Julio. Muitas vezes o Fellype Gabriel recua e fico à frente dele. Lodeiro também ajuda muito. Tem que ter essa sensibilidade, atacar com responsabilidade, sem deixar lá atrás vulnerável. É muito bom ter jogadores que fazem duas, três funções dentro de campo, o time não fica estático, tem muita movimentação. O grupo do Botafogo só tem a crescer com isso. Temos em mente que é dessa forma que vamos conseguir as vitórias", explicou.

Assim, Lucas destacou o espírito coletivo do Botafogo como um fator decisivo para o êxito da equipe. "É um dos nossos pontos fortes. É bom ter divisão, não centralizar tudo em um jogador. Fiquei muito feliz, todos ficaram com o gol do Rafael, por trabalhar sério, brigar, estar com a gente e não questionar nada. Qualquer outro jogador poderia querer chutar o balde e voltar para o Japão, onde era ídolo. Ele não, nesse jogo arrebentou, fez gol e deu dois passes. Já teve Seedorf, Fellype Gabriel, Lodeiro, Bolívar... É tudo bem dividido aqui", afirmou.

Lucas comemorou a marcação da partida contra o Madureira, neste domingo, para o Estádio de Moça Bonita. "O campo do Madureira é muito estreito, pequeno. Jogar em campo maior nos prevalece, temos toque de bola e velocidade pelos lados, haverá mais espaço. Mas, independentemente de qualquer gramado, é preciso ter objetivo grande e entrar para vencer", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.