Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Lucas Braga sofre lesão muscular e abre espaço para Marcos Guilherme no Santos

Atacante emprestado pelo Internacional será usado por Fernando Diniz como armador de jogadas

Redação, Estadão Conteúdo

03 de junho de 2021 | 15h50

Fernando Diniz pode mudar o esquema do Santos com a contusão de Lucas Braga. Foi constatada uma lesão muscular de grau um no atacante, com recuperação avaliada em três semanas, o que abriria espaço para o recém-chegado Marcos Guilherme e a saída do 4-3-3 para o 4-4-2.

Mas Marcos Guilherme não é ponta? No Internacional e em outros clubes pelos quais passou, sim. E ele não esconde essa predileção. Porém, Fernando Diniz o quer como armador. Por enquanto, ele entrou na vaga de Gabriel Pirani contra Bahia e Cianorte. Agora, pode estrear como titular ao lado do outro armador do time.

A lesão de Lucas Braga é parecida com a sofrida por Marinho que deixou o astro por três semanas ausente. Diniz já falou que quer aproveitar o reforço, mas na armação, e a ausência do atacante pode abrir brecha para implantar seu novo estilo.

Marcos Guilherme seria um coringa. Com adora jogar aberto na direita, ele poderia se revezar na ajuda da armação, como pretende Diniz, e surpreender chegando ao ataque. Marinho seguiria na esquerda e Kaio Jorge sendo o centroavante.

O Santos recebe o Ceará neste sábado, depois ainda enfrenta Cianorte e Juventude, também na Vila Belmiro. A série caseira seria a chance ideal para Marcos Guilherme se efetivar na equipe titular. Diniz não o cansa de elogiar.

Depois de findar com a série de três derrotas ao bater o Cianorte, pela Copa do Brasil, com bela apresentação de Marinho, até então sem render em alta qualidade. A ideia no Santos agora é embalar na temporada. Diniz espera resgatar a confiança da torcida. Com três partidas seguidas na Vila Belmiro, a meta é de nove pontos e retorno do futebol vistoso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.