Divulgação
Divulgação

Lucas Cândido rompe ligamento do joelho e vive novo drama no Atlético-MG

Contusão ocorre apenas duas semanas após sua volta ao futebol

O Estado de S.Paulo

17 Março 2015 | 17h13

Após somente pouco mais de duas semanas de sua volta ao futebol, o volante Lucas Cândido vive novo drama por lesão no Atlético-MG. Nesta terça-feira, o clube revelou que o jogador de somente 21 anos passará por nova cirurgia no joelho, desta vez o esquerdo, por conta do rompimento do ligamento cruzado anterior. A operação deverá acontecer na quarta, comandada pelo médico Rodrigo Lasmar.

Lucas Cândido sofreu uma torção no treino da última sexta-feira do Atlético-MG. Passado alguns dias e com a diminuição do inchaço, o jogador foi submetido a exames que confirmaram o que todos no clube temiam: a grave lesão no joelho.

O jovem volante sabe bem o drama de uma contusão no local. Em fevereiro 2014, ele sofreu com um problema bem semelhante, mas no joelho direito. Na ocasião, ele também passou por cirurgia, que o tirou de ação por quase um ano. Lucas Cândido só voltou aos campos no dia 25 de fevereiro deste ano, diante do Atlas, no México.

Em recente entrevista coletiva, o jogador relatou o drama que passou ao longo do afastamento. "Fiquei na cama oito semanas. Fiquei de muleta, não podia andar, fazer nada. Minha mãe ajudando, minha namorada ajudando. Isso é mais um motivo para entrar em campo e fazer tudo que posso", disse na época.

Agora, o jogador deverá passar por situação semelhante, após somente dois jogos na temporada. Sem ele, que vinha atuando como lateral-esquerdo, o técnico Levir Culpi deve ter somente Douglas Santos e Eron para a posição, uma vez que Pedro Botelho também está contundido.

Por conta da torção, Lucas Cândido já era desfalque certo para a partida do Atlético-MG desta quarta-feira diante do Independiente Santa Fé, na Colômbia, pela Libertadores. Sem pontuar após duas rodadas, o time mineiro precisa da vitória para seguir vivo no Grupo 1 do torneio.

Mais conteúdo sobre:
futebol Atlético-MG Lucas Cândido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.