José Patrício/AE
José Patrício/AE

Lucas comemora vitória, mas admite futebol ruim do time

Gol no fim salvou o time paulista, que agora precisa de um empate em Curitiba para se classificar à final da Copa do Brasil

FERNANDO FARO, estadão.com.br

14 de junho de 2012 | 23h21

SÃO PAULO - Tudo caminhava para um empate sem graça do São Paulo com o Coritiba no Morumbi quando Lucas coroou sua grande atuação com o gol que dá a vantagem para o duelo de volta na próxima quarta-feira. Assim que a partida terminou, todos os jogadores correram para abraçar o meia-atacante, ovacionado também pelos torcedores nas arquibancadas.

O garoto comemorou o resultado, mas admite que a equipe voltou a apresentar um futebol abaixo do esperado nesta semifinal da Copa do Brasil. "A gente sabe que nem sempre o melhor vence no futebol. Foi um jogo lá e cá e tivemos mais situações reais de gol. Mas precisamos jogar mais no Couto Pereira, cada jogo é sempre mais difícil que o anterior", avisou.

Lucas ajudou a salvar especialmente a noite de Paulo Miranda, expulso no segundo tempo, e Luis Fabiano, que tinha perdido as duas melhores chances da equipe até então. O centroavante, seu parceiro de ataque e conselheiro, não economizou nos elogios. "Hoje (quinta) não estava num dia de sorte, o importante é que quando não estou bem tem um talento como o Lucas para decidir as partidas", elogiou o artilheiro.

Além de ter decidido a partida, o meia-atacante também se garantiu no duelo de volta, no Couto Pereira. Ele está pendurado com dois cartões amarelos, mas passou ileso no Morumbi. "Pelas circunstâncias foi um grande resultado. Eu disse que se não fosse possível marcar, que pelo menos não levássemos nenhum gol. É muito importante não sofrer gols, parece uma vantagem pequena, mas é muito importante", ponderou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.