Lucas diz ao Liverpool que quer disputar Jogos Olímpicos

Jogador afirma que convocação seria bom para seu futuro na seleção e bom também para o clube inglês

EFE

21 de maio de 2008 | 11h29

O volante brasileiro Lucas, do Liverpool, já manifestou ao clube inglês seu desejo de disputar os Jogos Olímpicos de Pequim defendendo a seleção, segundo uma entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal Liverpool Echo. Veja também: Werder Bremen pode não liberar Diego para Olimpíada Se for convocado pelo técnico Dunga para os Jogos Olímpicos, que acontecem de 8 a 24 de agosto, Lucas perderá as primeiras rodadas do Campeonato Inglês e a fase classificatória da Liga dos Campeões, mas o volante brasileiro acredita que a briga pela medalha de ouro será importante para seu futuro na seleção brasileira. "É uma decisão muito difícil, porque ninguém gosta de perder as partidas de seu clube, mas os Jogos Olímpicos são muito importantes para o Brasil e se eu quiser disputar uma Copa do Mundo não posso abrir mão de uma competição como essa", afirmou. Considerado uma das revelações do futebol brasileiro e contratado pelo Liverpool por 6 milhões de libras no ano passado, Lucas acredita que os Jogos Olímpicos também servirão para melhorar suas qualidades em campo. "Se eu for convocado e disputar os Jogos de Pequim voltarei a Liverpool com mais experiência e mais maduro, o que será bom tanto para mim como para o clube", disse. Lucas, de 21 anos, comentou ainda sobre sua primeira temporada no futebol inglês e as expectativas que tem vestindo a camisa do Liverpool. "Eu realmente gostei muito do meu primeiro ano no Liverpool. Disputar 31 partidas por um clube como este logo na primeira temporada é motivo de muito orgulho, porque a adaptação ao estilo de jogo não é fácil em outro país. Mas acredito que estarei ainda melhor na próxima temporada", afirmou. Em sua primeira temporada no futebol europeu, Lucas chegou com o Liverpool às semifinais da Liga dos Campeões e terminou na quarta posição do Campeonato Inglês. Além disso, o volante entrou para a história do clube ao se tornar o primeiro brasileiro a marcar pelo Liverpool. O gol, na vitória sobre o Havant & Waterlooville, pela Copa da Inglaterra, foi considerado o segundo mais bonito da competição pela Federação Inglesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.