Lucas e Saja garantem vitória gremista em jogo tumultuado

O Grêmio iniciou bem a luta pelo tricampeonato da Copa Libertadores da América. Na madrugada desta sexta-feira, o time gaúcho foi a Assunção, no Paraguai, e venceu o Cerro Porteño por 1 a 0, em jogo válido pelo Grupo 3. O único gol do jogo foi marcado pelo volante Lucas, aos sete minutos do segundo tempo. Ele aproveitou sobra da zaga paraguaia e bateu firme da entrada da área.O Cerro teve a chance de empatar aos 44 minutos do segundo tempo, quando o árbitro Héctor Baldassi marcou pênalti num lance em que a bola desviou involuntariamente na mão do zagueiro Teco. O ex-flamenguista César "El Tigre" Ramírez bateu e o goleiro argentino Saja garantiu a vitória.A partida foi marcada por confusão tanto no gramado como nas arquibancadas. Os jogadores das duas equipes abusaram da catimba e por pouco não se agrediram em diversos momentos. A torcida gremista, que foi em bom número ao Estádio General Pablo Roja, também se desentendeu com a paraguaia. Cadeiras e pedras foram atirados de ambos os lados e a polícia teve de intervir. O árbitro chegou a paralisar o jogo por alguns minutos.Com o resultado, a equipe do técnico Mano Menezes assumiu a liderança da chave com três pontos, dois a mais que Deportivo Cúcuta e Tolima, que empataram por 0 a 0 no clássico colombiano da última terça-feira. O Cerro é o lanterna, com nenhum ponto ganho.O próximo adversário gremista na Libertadores será o Cúcuta Deportivo, no próximo dia 27, no Estádio Olímpico. O Cerro visita o Tolima no dia 7 de março.Ficha técnica:Cerro Porteño 0 x 1 GrêmioCerro Porteño - Navarro; Alvarez, Rodrigo Costa, Pérez e Nuñez (Cristaldo); Brítez (Gimenez), González, Salcedo e Morinigo (Godoy); César Ramírez e Da Silva. Técnico: Gustavo Costas.Grêmio - Saja; Schiavi, William e Teco; Patrício, Lucas (Sandro), Diego Souza, Tcheco, Carlos Eduardo (Ramon) e Edmílson; Tuta (Douglas). Técnico: Mano Menezes.Gol - Lucas, aos sete minutos do segundo tempo. Árbitro - Héctor Baldassi (Argentina). Cartões amarelos - Alvarez, Cristaldo, Morinigo e Diego Souza. Local - Estádio General Pablo Rodriguez, em Assunção (Paraguai).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.