Lucas elogia Adílson após primeiro contato no São Paulo

De volta ao São Paulo após a queda do Brasil nas quartas de final da Copa América, Lucas encontrou o clube com um novo comandante, já que o técnico Adílson Batista assumiu a equipe. O meia garantiu que os primeiro contrato com o treinador foi positivo e revelou ter recebido boas avaliações sobre Adílson dos companheiros de seleção.

AE, Agência Estado

20 de julho de 2011 | 11h57

"Primeiro contato foi muito bom com o Adílson. O pessoal lá dá Seleção falou muito bem dele e disse que era gente boa. Chega para nos ajudar e o grupo está disposto a isso", afirmou Lucas, que neste ano disputou 17 partidas, com 13 vitórias, dois empates e duas derrotas.

Lucas ainda lamenta a eliminação da seleção brasileira, mas garante estar concentrado no São Paulo. "Fiquei feliz e triste. Feliz por estar lá, mas triste por não conseguir o titulo. Mas isso serve de lição. Agora minha cabeça está no Tricolor e vou ajudar o time a voltar para a liderança", ressaltou ao site oficial do São Paulo.

O destaque são-paulino também aprovou as recentes contratações do lateral Iván Piris e do volante Denilson. "É muito importante estar se reforçando com jogadores de qualidade, que chegam para nos ajudar. Tem de chegar com este pensamento, de ajudar o grupo a ser campeão. Isso é importante", concluiu Lucas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.