Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Lucas Lima marca, dá assistência e lidera vitória do Palmeiras em estreia

Meia tem atuação decisiva no primeiro jogo do time no ano, que termina com resultado positivo em casa por 3 a 1 sobre o Santo André

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

18 Janeiro 2018 | 21h26

O primeiro jogo do Palmeiras no ano selou o início da boa relação entre a torcida e Lucas Lima. Na noite desta quinta-feira, no Allianz Parque, o público aplaudiu e vibrou tanto com a vitória por 3 a 1 sobre o Santo André, na estreia pelo Campeonato Paulista, como pela boa atuação e o belo gol do meio contratado do Santos e trazido como um dos principais reforços para 2018.

+ TEMPO REAL: Confira a narração da partida

+ Veja a tabela do Campeonato Paulista

Antes da partida começa o clube já deixou evidente quem seria o protagonista da noite. Para anunciar a escalação, o locutor da arena deixou o nome de Lucas Lima por último e convocou aplausos da torcida para o novato. Antes jogador de um time rival e marcado pelas provocações com o Palmeiras, o meia iniciou com o público uma relação amistosa e de confiança.

Logo no começo ele demonstrou muito empenho em campo. Lucas Lima se movimentou bastante, recuou para buscar jogo e ajudou na marcação. O time levou alguns minutos para superar a lentidão da estreia da temporada e a falta de posicionamento. Ao começar a encontrar o rumo, ajudou o principal estreante da noite a produzir boas jogadas.

A partida começou a melhorar para o Palmeiras depois dos 27 minutos. Um lançamento de Felipe Melo, seguido da finalização de Dudu de calcanhar na trave e o gol de Willian, no rebote, abriu o placar e relaxou o time em campo. Aos 36, ficaria ainda melhor. Lucas Lima aproveitou sobra, bateu de primeira e em uma finalização muito bonita, fez 2 a 0.

A atuação marcante era a melhor forma possível para Lucas Lima começar no Palmeiras. O meia e o clube tentaram desde a chegada dele atenuar possíveis reações adversas da torcida com declarações em entrevistas e publicações em redes sociais. Porém, somente a apresentação em campo seria capaz de complementar de forma consistente todas essas atitudes.

Para o segundo tempo o Santo André conseguiu dificultar para o Palmeiras. O time voltou do intervalo com duas substituições, conseguiu ficar com a bola no campo de ataque e deu trabalho. Aos 13 minutos, João Lucas diminuiu e depois, aos 20, o empate por pouco não veio. Na mesma jogada a equipe acertou a trave duas vezes.

O técnico Roger Machado agiu rápido e fez o mesmo, com duas modificações. O time, no entanto, pouco melhorou. A defesa continuou a dar espaços e o ataque estava cansado. 

Era preciso do brilho individual para evitar o empate. Então, Lucas Lima novamente ajudou, ao dar o passe para Keno, aos 38 minutos da etapa final, fazer o terceiro e resolver a partida.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 X 1 SANTO ANDRÉ

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos (Juninho), Thiago Martins e Victor Luís; Felipe Melo, Tchê Tchê (Bruno Henrique) e Lucas Lima; Willian, Dudu (Keno) e Borja. Técnico: Roger Machado.

SANTO ANDRÉ: Neneca; Jonathan Bocão (Wellington), Suéliton, Domingos e Paulinho; Adriano (João Lucas), Flávio, Dudu Vieira e Aloísio (Walterson); Joãozinho e Lincoln. Técnico: Sérgio Soares

Gols: Willian, aos 27, e Lucas Lima, aos 36 minutos do primeiro tempo. João Lucas, aos 13, e Keno aos 38 minutos do segundo tempo.

Cartão amarelo: Walterson

Público: 31.678 torcedores

Renda: R$ 1.917.947,46

Local: Allianz Parque, em São Paulo

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Lucas Lima

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.