Divulgação/Palmeiras
Divulgação/Palmeiras

Após fracassar no Allianz, Palmeiras empresta meia Lucas Lima ao Fortaleza até o fim da temporada

Jogador de 31 anos chega para reforçar a equipe comandada pelo argentino Vojvoda, que está na terceira colocação do Campeonato Brasileiro

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de agosto de 2021 | 17h23

O Fortaleza, um dos destaques do Campeonato Brasileiro, resolveu anunciar a contratação de Lucas Lima de um jeito criativo. Como o clube enfrenta nesta quarta o São Paulo pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, o perfil oficial da equipe no Twitter preparou 'dicas' para o torcedor diminuir a ansiedade ao longo do dia. Os cearenses estão na terceira colocação da Série A, com os mesmos pontos do Palmeiras e seis atrás do líder Atlético-MG.

Desde o livro 'O meu pé de laranja lima' até a sugestão de ouvir músicas da Família Lima, o Leão do Pici arrumou uma forma inusitada de preparar o anúncio da chegada por empréstimo do meia que estava no atual campeão da Libertadores. O atleta de 31 anos assina até o final da temporada.

Marcelo Paz, presidente do clube cearense, deu uma declaração sobre o novo reforço. "É um jogador extremamente qualificado, tecnicamente indiscutível, e que está com muita fome de bola, ele quer jogar no Fortaleza. Conversou comigo e Vojvoda em São Paulo, pessoalmente. E tinha propostas, mas escolheu o Fortaleza. Disse que ficou impressionado com o jogo contra o Palmeiras na Série A, achou o time muito competitivo e intenso."

Lucas Lima deve disputar vaga com Matheus Vargas no time treinado pelo argentino Juan Pablo Vojvoda. Antes de se transferir para o Tricolor, o meia se destacou no Santos, onde jogou entre 2014 e 2017, e foi convocado para a seleção brasileira.

Depois, foi contratado pelo Palmeiras, mas decepcionou e virou alvo de críticas da torcida alviverde. Neste ano, o jogador entrou em campo oito vezes e fez dois gols. O Fortaleza é o sexto clube da carreira do atleta, que iniciou sua trajetória na Inter de Limeira, equipe do interior de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.