Orlando Ramirez/USA Today
Orlando Ramirez/USA Today

Lucas marca 2 e Totenham goleia; United bate Milan nos pênaltis após 26 cobranças

Partidas foram válidas pela International Champions Cup, torneio amistoso de pré-temporada que reúne grandes clubes da Europa

Estadão Conteúdo

26 de julho de 2018 | 09h18

O brasileiro Lucas Moura marcou dois gols na goleada do Tottenham por 4 a 1 sobre a Roma na madrugada de quinta-feira, em San Diego, no Estados Unidos, em sua estreia na International Champions Cup, torneio amistoso de pré-temporada que reúne grandes clubes da Europa.

A vitória foi de virada. O time italiano saiu na frente com um gol do checo Patrick Schick. O Tottenham, apesar de ainda estar desfalcado dos novos jogadores que defenderam a Inglaterra na Copa do Mundo, reagiu e conseguiu a goleada.

Os outros dois gols dos ingleses foram marcados por Fernando Llorente. O espanhol deixou tudo igual aos 9 minutos, com um gol de cabeça, e pouco depois, aos 18, virou a partida ao aproveitar um rebote do goleiro Antonio Mirante.

O Tottenham seguiu melhor na partida e fez o terceiro aos 28 minutos. Lucas aproveitou cruzamento de Serge Aurier e cabeceou para as redes. Aos 44, ele mandou uma bomba da entrada da área e fechou a vitória.

Na etapa final as equipes fizeram diversas alterações. A Roma foi para cima buscando a reação e criou boa oportunidade com o atacante Dzeko que cabeceou para ótima defesa do goleiro argentino Gazzaniga, que entrou no segundo tempo. O Tottenham passou a tocar mais a bola e administrou o placar.

UNITED BATE MILAN

O goleiro Joel Pereira foi o destaque da vitória nos pênaltis do Manchester United sobre o Milan por 9 a 8 ao pegar três cobranças em duelo válido pela International Champions Cup. A partida aconteceu também na madrugada de quinta-feira, em Carson, na Califórnia, e terminou empatada por 1 a 1.

A decisão da partida só foi sacramentada após a cobrança de 26 penalidades. A cobrança de número 25 foi convertida pelo espanhol Ander Herrera e deixou o United em vantagem. Na sequência, o atacante marfinense Franck Kessié, que havia convertido sua primeira batida, cobrou por cima a segunda e decretou o tropeço do Milan.

Foram 13 cobranças para cada lado. Ou seja, todos os jogadores que terminaram em campo tiveram que bater uma vez. Os dois goleiros acertaram as cobranças. Foi a segunda vez em que as equipes travaram longo duelo nos pênaltis. Em 2004, em Nova York, o Milan bateu o United por 9 a 8.

No tempo regulamentar, o United saiu na frente com um gol do chileno Alexis Sánchez, aos 12 minutos. Ele recebeu passe de Juan Mata e bateu da entrada da área. O Milan reagiu três minutos mais tarde e deixou tudo igual com o espanhol Suso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.