Ayrton Vignola/AE
Ayrton Vignola/AE

Lucas revela confiança para partida entre São Paulo e Palmeiras

Após Leão ter conseguido a liberação do meia para o clássico, jogador afirma que 'expectativa é muito boa'

AE, Agência Estado

25 de fevereiro de 2012 | 12h47

SÃO PAULO - Alvo de polêmica entre o São Paulo e a CBF, Lucas está liberado para participar do jogo de domingo contra o Palmeiras, em Presidente Prudente, pela décima rodada do Campeonato Paulista, antes de seguir para a Suíça, onde defenderá a seleção brasileira contra a Bósnia-Herzegovina, na terça-feira. Neste sábado, ele admitiu que a pendência aumentou a sua vontade para o clássico deste fim de semana.

"Minha expectativa é muito boa para disputar este clássico depois de tudo que aconteceu. Agora só quero entrar em campo e fazer o meu papel. Sei da minha importância para o time, então tenho de fazer o melhor possível pelo São Paulo", afirmou Lucas.

Os jogadores da seleção brasileira viajam neste sábado para a Suíça, mas Lucas seguirá apenas no domingo, assim como o zagueiro Dedé, do Vasco. Na sexta-feira, o técnico Emerson Leão atacou a CBF e viu, no fim da tarde, a entidade liberar o meia para participar do clássico.

Satisfeito, Lucas espera conquistar duas vitórias nos próximos dias. "Seria sim o cenário ideal para mim. Meu objetivo é conquistar uma vitória no clássico e depois ir para a Seleção e trazer outro triunfo. Estou muito focado no que eu quero e vou atrás destes objetivos", disse.

O clássico com o Palmeiras traz boas lembranças para Lucas. No Campeonato Brasileiro de 2010, o meia liderou a vitória da equipe por 2 a 0 sobre o rival, no Estádio do Pacaembu, ao marcar um gol e participar da jogada do outro, feito por Fernandão.

Lucas espera repetir aquela atuação em Presidente Prudente. "Me recordo muito bem daquele jogo. Foi minha primeira vitória em clássicos, primeiro gol. Espero repetir neste domingo e que o São Paulo possa sair mais uma vez com a vitória", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.