Lucas Santos explica recusa a proposta da Rússia e celebra espaço no Vasco

Jogador de 19 anos recebeu oferta do CSKA Moscou, mas decidiu permanecer no clube carioca

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de fevereiro de 2019 | 22h20

Aos 19 anos, o atacante Lucas Santos teve a oportunidade de realizar o sonho de atuar na Europa na semana passada, ao receber uma proposta do CSKA Moscou. O próprio jogador, no entanto, optou pela permanência no Vasco e destacou o desejo de fazer história com a camisa do clube antes de buscar novos ares.

"Seria um passo importante na minha carreira, mas eu sempre disse que queria fazer história com a camisa do Vasco. Isso pesou bastante na decisão de todos. Estou muito feliz por ter ficado. Aqui é minha casa, aqui é o meu lar, e ter a chance de mostrar todo meu futebol para a torcida maravilhosa do Vasco é algo muito importante para mim", declarou.

Por mais que admita o desejo de um dia ir para o Velho Continente, Lucas Santos garantiu que fez a "escolha certa". "Foi a escolha certa. Agradeço ao carinho imenso que a torcida tem por mim. Não vejo isso como pressão, é um estímulo. É legal demais saber que os torcedores possuem confiança em mim."

Um dos destaques da campanha do vice-campeonato do Vasco na Copa São Paulo, Lucas Santos ainda dá seus primeiros passos como profissional. O jogador ressaltou o apoio dado pelo técnico Alberto Valentim e agora espera conquistar seu espaço entre os nomes mais experientes do elenco.

"Quando eu estava na Copinha, eu li em alguns lugares que o Valentim havia dito que iria aproveitar alguns jogadores do sub-20. Aquilo já me deixou mais motivado. Assim que cheguei no profissional, ele conversou comigo e disse que naquele momento a minha carreira iria começar de verdade. É um cara que motiva bastante nos treinos e que sempre dá um toque de experiência. Fala para não ter medo e fazer aquilo que sempre fiz na base. Também fui muito bem recebido por todos do grupo. São coisas que me deixam ainda mais motivado", comentou.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Vascofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.