Lucas Silva defende Cruzeiro, mas cobra vitória no Mineirão

Equipe mineira, que ainda lidera o Campeonato Brasileiro com 30 pontos, vem de dois empates contra Botafogo e Criciúma fora

Estadão Conteúdo

13 de agosto de 2014 | 10h33

Os empates com Botafogo e Criciúma, ambos em partidas fora de casa, não tiraram o Cruzeiro da liderança do Campeonato Brasileiro, mas diminuíram a vantagem do time para o segundo colocado - agora o Internacional - para dois pontos. O volante Lucas Silva, porém, avaliou que os resultados serão considerados positivos se o Cruzeiro fizer o dever de casa no domingo e derrotar o Santos no Mineirão, pela 15ª rodada do torneio nacional. E ele destacou que a torcida pode fazer a diferença.

"Contamos com o apoio da torcida novamente. Dentro de casa este incentivo é um diferencial para nós. Os últimos resultados foram normais, já que queríamos somar pontos fora de casa e isto aconteceu. Agora, dentro do Mineirão, temos que conseguir a vitória", afirmou.

Já projetando o confronto com o Santos, Lucas Silva avaliou que a partida deve ser mais aberta, pois o adversário precisa se recuperar da série de duas derrotas no Campeonato Brasileiro. "Com certeza eles querem sair daqui com os três pontos. Por ser um time grande, o Santos pode atuar no início do jogo mais fechado, mas com o tempo eles irão sair para buscar a vitória", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.