Divulgação
Divulgação

Lucas Silva se despede e diz: 'Cruzeiro sempre será a minha casa'

Negociado com o Real Madrid, meio-campista se despede de companheiros e promete voltar à Toca: "Quero dizer um até breve"

Estadão Conteúdo

24 de janeiro de 2015 | 11h13

Principal revelação do Cruzeiro neste década, Lucas Silva sem ter completado sequer 100 jogos como profissional. O jogador foi comprado pelo Real Madrid e se despediu dos colegas cruzeirenses nesta sexta-feira. Não concedeu entrevista coletiva porque não foi liberado pelo novo clube, mas falou ao site oficial do clube mineiro. Após oito anos na Toca da Raposa, onde chegou aos 14 anos, disse que vai, mas volta.

"Esses quase oito anos que vivi dentro do Cruzeiro foram marcantes. Aqui consegui muitas conquistas, graças a Deus. O Cruzeiro sempre foi, é e sempre será a minha casa. Prefiro não dizer adeus, quero dizer um até breve e que tenho muito orgulho de ter honrado essa camisa. Espero voltar um dia para vestir, de novo, esse manto celeste", afirmou o jogador, na declaração reproduzida pelo site do Cruzeiro.

Foram 93 jogos com a camisa do clube mineiro, com quatro gols e três títulos: o bicampeonato brasileiro (2013/2014) e Estadual de 2014. Vendido por especulados 14 milhões de euros (dos quais 50% vão para o Cruzeiro), Lucas Silva vai para o Real Madrid sem nunca ter jogado pela seleção brasileira, a não ser pelo time sub-21.

"Estou muito feliz com esse momento. É uma oportunidade única na minha vida, é um sonho realizado. Eu não poderia deixar de agradecer ao clube, aos funcionários, aos jogadores, à comissão técnica, principalmente o treinador. Também agradeço o presidente que atendeu o meu pedido pessoal, me deixando realizar esse sonho", comentou Lucas Silva.

O jogador fez questão de lembrar da importância do técnico Marcelo Oliveira na sua evolução. "Faço um agradecimento especial ao Marcelo Oliveira. Desde a sua chegada sempre preocupou muito comigo, com a minha evolução e com a minha qualidade. Ele sabia que eu poderia me transformar em um grande jogador, com potencial, como aconteceu aqui no Cruzeiro. Muito obrigado por tudo, Marcelo, pelo carinho que teve comigo e por ter sido essencial para o meu crescimento."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroLucas SilvaReal Madrid

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.