Lluis Gene/AFP
Lluis Gene/AFP

Lucas vê PSG 'muito forte' para encarar o Chelsea na Liga

Brasileiro evita lamentar o fato de que o time francês terá de encarar pedreira e ressalta que serão dois 'grandes jogos' entre as equipes

Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2014 | 13h17

Pouco depois de saber que um sorteio realizado nesta segunda-feira, na Suíça, definiu que o Chelsea será o rival do Paris Saint-Germain nas oitavas de final da Liga dos Campeões, o brasileiro Lucas evitou lamentar o fato de que o time francês terá de encarar uma pedreira na competição continental.

O meia-atacante ressaltou que serão dois "grandes jogos" contra a equipe inglesa e disse apostar no avanço do PSG às quartas de final. "Devemos respeitar o Chelsea, mas nós somos muito fortes, podemos ganhar e vamos trabalhar para isso", ressaltou, em declarações reproduzidas pelo site oficial do seu clube.

Lucas ainda destacou que "em comparação com a última temporada, o Chelsea mudou mais do que nós". "Eles estão muito fortes com Drogba e Fàbregas. Serão partidas muito interessantes, mas podemos vencer. De qualquer forma, estou muito motivado e vou fazer meu máximo para vencer", completou.

O presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, foi outro que evitou lamentar o destino reservado pelo sorteio desta segunda. "O Chelsea é um bom adversário para nós. Estou muito confiante. Acredito no meu treinador e nos meus jogadores. Eles mostrarão o melhor do Paris Saint-Germain em campo. Na última temporada, enfrentar o Chelsea foi uma boa experiência. Espero um final feliz nesta temporada", disse, lembrando do confronto válido pelas quartas de final da edição passada da Liga dos Campeões, na qual o time inglês eliminou o PSG após cair por 3 a 1 no jogo de ida e depois vencer por 2 a 0 no confronto de volta, na Inglaterra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.