Mauricio de Souza/Santos FC
Mauricio de Souza/Santos FC

Lucas Veríssimo exalta 'espiões' colombianos do Santos como trunfos em Bogotá

Vladimir Hernández e Copete estão ajudando o alvinegro com informações sobre o Independiente Santa Fe

Estadao Conteudo

14 de abril de 2017 | 14h54

Lucas Veríssimo revelou nesta sexta-feira, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, que dois "espiões" no elenco do Santos estão sendo importantes na busca por informações sobre o Independiente Santa Fe, próximo adversário do time na Copa Libertadores. Segundo o zagueiro, os colombianos Vladimir Hernández e Copete, que atuaram por Junior Barranquilla e Atlético Nacional, respectivamente, têm conversado com o grupo sobre algumas características dos compatriotas.

"Tenho bastante conversa (com os colombianos). O 'Baixola' (apelido de Hernández no grupo) falou que é um bom time, que utiliza bastante o centroavante. E o professor Dorival Júnior os estudou bastante. Então, vamos entrar (no jogo) com a cabeça boa, focados, para sairmos de lá com a vitória", destacou o zagueiro santista.

A altitude de Bogotá, que está a 2.640 metros acima do nível do mar, é um obstáculo a ser superado. Entretanto, Lucas Veríssimo acredita que a receita para vencê-la seja a tranquilidade e boa preparação física.

"Eu, por exemplo, nunca passei por isso (jogar na altitude), vai ser a primeira vez. Eles (jogadores mais experientes) falaram pra mim que sentem um pouco, que é ruim de jogar. O David Braz, o (Leandro) Donizete falaram bastante. É manter a cabeça boa. Ir lá, fazer a viagem, ver como vai estar e fazer o treino antes. Tenho certeza de que vamos tirar de letra esse quesito", garantiu Lucas Veríssimo.

O atleta santista também destacou nesta sexta o aniversário do Santos, que completa 105 anos de existência nesta sexta-feira. "É uma honra estar aqui para comemorar esses 105 anos do clube. Muito satisfatório pra mim. Para comemorar em grande estilo, vamos para a Colômbia para sair com a vitória", projetou.

O elenco treinou nesta sexta, no CT Rei Pelé, com vistas ao jogo da próxima quarta-feira, às 21h45, em Bogotá. Victor Ferraz e Rodrigão, ambos com amidalite, foram poupados. O lateral-direito permaneceu na academia e o atacante foi ao clube apenas para prosseguir com o tratamento da enfermidade.

O Santos é o líder do Grupo 2 da Copa Libertadores com quatro pontos, obtidos em um empate diante do Sporting Cristal, do Peru, e uma vitória sobre o The Strongest, da Bolívia. Os colombianos do Independiente Santa Fe aparecem na segunda posição da chave, com três pontos, juntos com os bolivianos.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.