Lucca conquista a torcida do Corinthians e pede pés no chão na reta final

Lucca chegou há pouco tempo no Corinthians, mas já vem conquistando um lugar especial no coração dos torcedores. Reserva da equipe, ele tem sido importante com gols decisivos, o último na partida contra o Coritiba, no último sábado, na vitória por 2 a 1, quando saiu de campo como herói no estádio Itaquerão. "O assédio mudou um pouco. Fico feliz por estar vivendo esse momento com a equipe. Sem meus companheiros, os gols não seriam possíveis. Por isso sempre divido o mérito com todos os jogadores", comentou o atacante.

Estadão Conteúdo

12 de novembro de 2015 | 20h49

Por pouco ele não comemorou o hexacampeonato, mas viu o Atlético Mineiro fazer um gol no fim da partida, adiando a festa corintiana. "Estava em casa acompanhando e ver o gol no finalzinho deixou a gente um pouco triste. Sabemos da qualidade do nosso trabalho, por isso estamos com tantos pontos na frente. Mas temos de ter humildade e pés no chão. Vamos trabalhar para que o quanto antes a gente possa conquistar o título", disse.

A próxima partida do Corinthians será na próxima quinta-feira, no estádio de São Januário, no Rio, contra o Vasco. Se vencer, o time será campeão brasileiro por antecipação. "Apesar dessa euforia, essa ansiedade da torcida de querer comemorar, temos de saber que do outro lado tem uma equipe que está buscando sair do rebaixamento. Temos de respeitar e fazer nosso jogo para correr tudo bem. Temos de estar preparados para a pressão, ainda mais em uma reta final de campeonato. É preciso lidar com essa situação, pois vai ser complicado para ambas as partes", concluiu.

TIME - O técnico Tite vai testar no jogo-treino desta sexta-feira contra o Red Bull Brasil, no CT Joaquim Grava, dois titulares da equipe que acabam de se recuperar de contusão. Os laterais Fagner (direita) e Uendel (esquerda) serão observados no time formado por reservas que irá a campo.

A atividade no CT do clube será importante para dar ritmo aos dois jogadores, que devem começar a partida contra o Vasco. Já o atacante Lincom, com contrato até o fim do ano, não deve permanecer no clube. Nesta quinta-feira, Tite teve uma conversa com ele.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansLucca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.