Lucca se diz 'tranquilo' sobre o futuro, mas quer ficar no Corinthians

Lucca chegou ao Corinthians em setembro, para compor o elenco após a lesão de Rildo e a saída de Mendoza. De peça de reposição, em menos de três meses se transformou em xodó da torcida com os gols decisivos, ganhou espaço no clube e foi fundamental na reta final do título brasileiro de 2015.

Estadão Conteúdo

03 de dezembro de 2015 | 19h01

Com o término da temporada, o jogador já pensa no futuro e não esconde o desejo de permanecer no Corinthians. Seu contrato de empréstimo junto ao Criciúma vai apenas até o fim do Campeonato Paulista, em maio, mas ele nem pensa em deixar o clube.

"Tenho tranquilidade. É o que venho dizendo, a euforia às vezes atrapalha um pouco, então tento me manter tranquilo, me apegar à família. Sei que as pessoas que estão ao meu lado vão resolver. Meu desejo é continuar, espero que possa se concretizar", declarou nesta quinta-feira.

Lucca marcou três gols nas últimas cinco partidas do Campeonato Brasileiro, sendo dois deles, contra Atlético-MG e Coritiba, em duelos decisivos para o título, e outro, contra o São Paulo, na histórica goleada sobre o rival. Mas o atacante não se dá por satisfeito e mira evolução para brigar pela titularidade em 2016.

"Todo profissional quer sempre evoluir, e comigo não é diferente. Mas eu planejo trabalho. Se eu não trabalhar e mostrar que tenho condições de estar na equipe, isso não vai valer nada. O trabalho vai me ajudar bastante. Com pés no chão, tranquilidade e sem euforia", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansLucca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.