Divulgação/São Paulo
Divulgação/São Paulo

Luciano não treina novamente e deve desfalcar o São Paulo pelo 3º jogo seguido

Líder do Brasileirão entra em campo no domingo para enfrentar o Athletico-PR, em Curitiba

Redação, Estadão Conteúdo

14 de janeiro de 2021 | 15h56

O São Paulo treinou no CT da Barra Funda nesta quinta-feira mais uma vez sem a presença de Luciano no gramado. O atacante ainda se recupera de uma inflamação na perna e a tendência é de que não tenha condições de estar em campo no jogo de domingo, contra o Athletico-PR, às 16h, em Curitiba, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Artilheiro são-paulino no Brasileirão, com 12 gols, Luciano não joga desde 26 de dezembro, quando o time do Morumbi derrotou o Fluminense por 2 a 1, no Maracanã, em duelo válido pela 27ª rodada. Sem o goleador, a equipe do técnico Fernando Diniz sofreu duas derrotas seguidas para Red Bull Bragantino (4 a 2) e Santos (1 a 0).

Luciano ainda tem chances de remotas de enfrentar o Athletico-PR no domingo. O São Paulo treina mais duas vezes, nesta sexta e sábado, antes da partida na Arena da Baixada decisiva para o líder do campeonato, que viu seu posto ser cada vez mais ameaçado em função dos resultados negativos nas últimas rodadas.

Caso se confirme a ausência do atacante pelo terceiro jogo consecutivo, Diniz pode escalar Vitor Bueno, como fez contra o Bragantino, ou Pablo, que atuou no clássico diante do Santos. Com a baixa produção ofensiva, é possível que o treinador busque outra alternativa. Tréllez, Gonzalo Carneiro, Rojas e os jovens Paulinho Boia e Galeano são outras opções.

Em contrapartida, o São Paulo terá a volta de Bruno Alves. O defensor cumpriu suspensão no clássico e retoma a titularidade para fazer dupla na zaga com Arboleda. Tchê Tchê também é reforço. Ele volta após cumprir suspensão pela expulsão em Bragança Paulista.

O São Paulo é o líder do Brasileiro, com 56 pontos, três a mais que o Internacional, e precisa voltar a triunfar para não perder na ponta, o que pode acontecer se a equipe tricolor sofrer mais uma derrota e o rival gaúcho vencer seu compromisso contra o Fortaleza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.