Rubens Chiri/SPFC
Rubens Chiri/SPFC

Luciano treina, é relacionado, mas continua como dúvida no São Paulo para enfrentar o Grêmio

Atacante participa de parte da atividade desta terça e ainda não tem presença garantida no duelo em Porto Alegre; Diniz relacionou um jogador a mais que o habitual

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de dezembro de 2020 | 14h49

 O São Paulo tem uma novidade na sua lista de jogadores para enfrentar o Grêmio nesta quarta-feira. Trata-se do atacante Luciano, que participou de uma parte do treinamento em campo com a equipe nesta terça, no CT da Barra Funda, viajará com o grupo para Porto Alegre, mas ainda não tem presença garantida no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil.

O atacante de 27 anos é um dos principais jogadores do elenco. Por este motivo, mesmo que ainda não totalmente recuperado de uma lesão na coxa esquerda, o técnico Fernando Diniz fez questão de relacioná-lo para o duelo na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Ao todo, 24 jogadores compõem o plantel tricolor, um a mais do que o habitual.

Luciano sofreu um estiramento no músculo adutor da perna esquerda no duelo contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, no dia 13 deste mês. Foi desfalque contra o Atlético-MG, mas Diniz conseguiu resolver o problema. O técnico improvisou o volante Tchê Tchê, que fez uma de suas melhores partidas pelo clube do Morumbi e ajudou a equipe a vencer por 3 a 0.

O São Paulo viaja ao Sul ainda nesta terça-feira. O presidente eleito Julio Casares irá acompanhar a delegação pela primeira vez. Se for a campo, Luciano encontrará o seu ex-clube pela segunda vez. Ele chegou ao time tricolor a pedido de Fernando Diniz em troca que levou o atacante Éverton à equipe gaúcha.

A partida desta quarta-feira é válida pelo confronto de ida das semifinais da Copa do Brasil. A bola rola às 21h30 (horário de Brasília) e o duelo de volta está marcado para a próxima semana, no dia 30. Quem passar enfrentará o vencedor de Palmeiras ou América-MG na grande decisão da competição na qual o São Paulo tenta ser campeão pela primeira vez.    

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.