Lúcio critica alegria no Palmeiras: 'Tem de ir para um hospício'

Beque e capitão da equipe deixa claro seu incômodo com o fato de o treinamento desta sexta ser bastante animado na Academia

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2014 | 16h08

O zagueiro Lúcio não faz questão nenhuma de esconder o quanto está incomodado com a situação do Palmeiras no Campeonato Brasileiro, na última colocação. O capitão da equipe alviverde já deixou claro que alguns companheiros não estão correndo tanto quanto poderiam e, além disso, se mostrou contrário ao clima descontraído do treino realizado na manhã desta sexta-feira, na Academia de Futebol.

"Quem ficar alegre com o Palmeiras na última colocação tem de ir para um hospício, porque está ficando louco", disparou o defensor, referindo-se ao fato da atividade desta sexta-feira ter sido um animado rachão, onde não faltaram brincadeiras entre a maioria dos jogadores, como se a equipe estivesse nas primeiras colocações.

Lúcio participou do treinamento normalmente, mas estava visivelmente insatisfeito e incomodado com a situação. Enquanto a maioria corria, pedia a bola e dava risadas, ele ficava mais parado e, quando a bola chegava a seus pés, rapidamente tocava para um companheiro. "Na situação em que o clube se encontra, o normal é ficar triste porque vivemos disso. Nossa vida é o futebol", explicou.

Acostumado a títulos, entre eles, o pentacampeonato mundial com a seleção brasileira em 2002, Lúcio está chateado e frustrado por viver momento totalmente diferente do que imaginava. "É uma situação triste. Fico chateado porque minha expectativa não era essa. Quando cheguei no início do ano, fizemos um bom Campeonato Paulista e, embora não tivéssemos ganho, a confiança era grande e iniciamos bem no Brasileirão. Mas infelizmente, não demos continuidade", lamentou.

O zagueiro é novidade certa no time para a partida contra o Coritiba, sábado, às 21h, no Pacaembu. Ele retorna após cumprir suspensão contra o Sport. O técnico Ricardo Gareca não comandou nenhum coletivo. Por isso, deve apostar na conversa para definir quem começará jogando.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasLúcioBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.