Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Lúcio muda o discurso e diz que Gareca foi boa opção para o Palmeiras

Zagueiro acredita que o novo treinador não terá problemas de adaptação

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2014 | 10h59

SÃO PAULO - O zagueiro Lúcio disse, após a vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o Figueirense, quinta-feira, que a contratação de Ricardo Gareca foi uma boa opção e que o treinador argentino não terá problemas de adaptação. Justamente o contrário do que disse enquanto a diretoria ainda negociava com o treinador. Ele chegou a dar declarações de que seria arriscado contratar um treinador estrangeiro. 

"Faltam poucos jogos para a Copa e ele vai ter tempo de treinar. Ele vai logo se identificar com o espírito do Palmeiras, que joga de forma aguerrida. Acredito que a adaptação dele vai ser fácil", apostou o zagueiro, que depois explicou a declaração anterior.

"Se hoje é ele, que seja bem-vindo. Vamos atendê-lo e esperamos ser muito felizes sob o seu comando", desconversou. Lúcio passou a maior parte de sua carreira no futebol alemão e italiano e também teve que se adaptar a nova cultura e língua. "Joguei muito tempo na Europa e sempre trabalhei com estrangeiros. Não é nada novo. Tem que dar atenção na parte tática e manter o time sempre motivado", explicou.

O treinador interino, Alberto Valentim disse que será um dos principais ajudantes do novo treinador na tentativa de se adaptar logo ao clube e ao país. "Vou procurar ajudá-lo a acelerar o processo de adaptação para ele conhecer melhor os jogadores e os adversários", avisou o treinador interino.

Ricardo Gareca será apresentado nesta sexta-feira, ao meio-dia, na Academia de Futebol, mas só irá estrear no comando da equipe, após a Copa do Mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.