Lúcio resolve impasse e fica no Palmeiras

Lúcio finalmente poderá voltar a jogar pelo Palmeiras. No final da noite desta quinta-feira, o lateral assinou a rescisão de seu contrato com o Ituano. No entanto, como a documentação necessária para inscrevê-lo na Federação Paulista de Futebol a tempo de participar da primeira rodada do Paulistão não chegou dentro do prazo estabelecido, o jogador deverá ficar de fora da partida de estréia, dia 21, contra o Paulista de Jundiaí.Na segunda-feira, Lúcio estará reunido com seu advogado, Alexandre Nardo, e com Oliveira Júnior, dono do Ituano e de metade de seus direitos federativos (os 50% restantes pertencem ao Palmeiras e ao empresário Juan Figer), para oficializar o acordo."Estou muito feliz porque sempre disse que não gostaria de deixar o Palmeiras", disse Lúcio. "O que mais quero é jogar. Essa novela já deu o que tinha que dar. Quero trabalhar com tranqüilidade. Mesmo que o Oliveira não me dê o que prometeu."O caso só chegou ao fim devido à interferência direta do presidente do Palmeiras, Mustafá Contursi. Nesta quinta-feira, ele assumiu pessoalmente o comando das negociações com o empresário Oliveira Júnior e o impasse rapidamente foi solucionado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.