Ivan Franco/Efe
Ivan Franco/Efe

Lugano afirma que Luis Suárez é 'insubstituível' na seleção do Uruguai

Zagueiro elogia e torce pela recuperação do atacante, que passou por cirurgia no joelho

Agência Estado

29 de maio de 2014 | 19h42

MONTEVIDÉU - Submetido às pressas a uma cirurgia no menisco na quinta-feira passada, Luis Suárez é dúvida para a seleção uruguaia na Copa. Artilheiro (com folgas) do Campeonato Inglês, o centroavante vive a melhor fase da carreira e seria peça-chave do Uruguai no Mundial. O capitão Diego Lugano reconhece a importância do atacante.

"Sabemos que Luis (Suárez) é insubstituível, porque é um dos melhores da história do futebol uruguaio", admitiu o zagueiro, nesta quinta-feira, em entrevista coletiva repercutida pelo site do jornal uruguaio La Nación.

Nesta sexta, o Uruguai faz amistoso contra a Irlanda do Norte, em Montevidéu, e quem vai entrar no time no lugar de Suárez é Diego Forlán, o craque do último Mundial, mas que não vive bom momento na carreira, tanto que está escondido no futebol japonês.

"Existem outros jogadores que vêm mostrando um tremendo potencial e estão em grande nível, como Abel (Hernández), que está para explodir, e Christian Stuani. Temos também o Diego (Forlán), que chega no mesmo nível da África do Sul. Ou seja: há jogadores", garante.

Para Lugano, ainda que Suárez não possa jogar a Copa, o Uruguai virá ao Brasil para fazer bonito. "Não muda nada o nosso sonho de fazer um bom Mundial. Óbvio que o Luis (Suárez) é diferente, mas temos um elenco, temos jogadores. Se ele não estiver, sabemos que cada um terá que dar um pouco a mais."

Na entrevista, o capitão do Uruguai revelou seus sentimentos quando viu Suárez caído no gramado durante um treinamento. "Quando ele caiu, não queria imaginar que fosse algo tão grave. Pensava: 'Vamos, se levante, já passou'. Quando vivos que saiu do treino, não quisemos perguntar nada. É um momento que você não quer perguntar o que está acontecendo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.