Igor Ferraz/Estadão
Igor Ferraz/Estadão

Lugano diz que não está preparado para reencontrar a torcida

Zagueiro despista sobre futuro: 'Não tenho tempo para falar de mim'

Igor Ferraz, O Estado de S. Paulo

11 de dezembro de 2015 | 16h36

Diego Lugano voltará a pisar no gramado do Morumbi e a ter seu nome gritado pelos torcedores do São Paulo. Pelo menos nesta sexta-feira. O zagueiro uruguaio e ídolo do clube está em São Paulo para o jogo de despedida de Rogério Ceni, entre o grupo campeão mundial de 2005 e os campeões do mundo de 1992/1993.

"Graças ao Rogério, estamos reunidos hoje. Ele conseguiu reunir três times campeões mundiais pelo São Paulo. Só ele é capaz de juntar todo mundo do São Paulo e merece cada homenagem. O jogador se vai, mas a pessoa, a história e o respeito ficam para sempre", afirmou o zagueiro, que atualmente defende o Cerro Porteño, do Paraguai.

Quando perguntado se está preparado para subir ao gramado do Morumbi nesta noite, Diego Lugano surpreendeu na resposta: "Acho que não. Não existe preparação para isso. Hoje tenho o privilégio de trazer o meu filho comigo para viver este momento com o pai."

Neste ano, antes de acertar com o Cerro Porteño, Lugano chegou a ser cogitado no São Paulo. Porém, foi barrado pelo então técnico Juan Carlos Osorio. Após a saída do colombiano do comando da equipe, o zagueiro de 35 anos voltou à pauta no Morumbi. Nesta sexta-feira, porém, o uruguaio se recusou a comentar sobre especulações: "Hoje só estou aqui para falar do Rogério, não tenho tempo para falar sobre mim".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.