Lugano elogia Brasil e vê Uruguai vivo nas Eliminatórias

Capitão diz que fará de tudo para voltar ao Brasil no Mundial

VÍTOR MARQUES - Enviado Especial, Agência Estado

26 de junho de 2013 | 20h25

BELO HORIZONTE - Lugano tinha atirado para todos os lados na véspera da semifinal contra o Brasil. O zagueiro disse que Neymar simula faltas demais e que o árbitro chileno Enrique Osses poderia favorecer a seleção da casa. Nada disso aconteceu no jogo desta quarta-feira, que selou e eliminação do Uruguai na Copa das Confederações.

Depois da derrota para o Brasil por 2 a 1, o discurso de Lugano mudou um pouco. "Jogamos em alto nível contra o melhor do mundo. O futebol uruguaio joga assim, às vezes você ganha, outras você perde. Jogamos à altura de uma semifinal de Copa das Confederações."

"Doí muito perder um clássico para o Brasil. Com respeito, dou os parabéns. Jogamos contra os pentacampeões do mundo, e eles tiveram a sorte necessária. Sorte, eficácia, não sei."

O zagueiro e capitão afirmou que a derrota não vai desanimar o Uruguai na disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. Ele disse que o Uruguai fará de tudo para voltar ao Brasil no Mundial.

"Eliminatória é um torneio totalmente diferente, é o mais duro do mundo. O Brasil se classificou duas vezes na quarta posição, a Argentina conquistou a vaga na última rodada", afirmou.

O Uruguai é o quinto colocado das Eliminatórias e hoje disputaria a repescagem. Faltam quatro jogos para o final das Eliminatórias. "O Uruguai, por sorte, voltou a demonstrar que está no máximo nível mundial e que a Celeste voltou a ser respeitada."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.