Lugano morre de medo de SP. Culpa da TV

Dividir a bola com atacantes fortes, arriscar-se em disputas pelo alto e atirar-se no chão para evitar o gol são situações normais para Diego Lugano, um uruguaio de 22 anos que vive em São Paulo desde abril. Mas sair de carro nas avenidas da capital paulista, andar pelas ruas a pé e levar o filho, Nicolas, de 3 anos, para passear a céu aberto apavoram o jogador são-paulino.Leia mais no Estadão

Agencia Estado,

28 de agosto de 2003 | 09h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.