Rubens Chiri/Sao Paulo FC
Rubens Chiri/Sao Paulo FC

Lugano prevê retorno vitorioso de Ceni ao São Paulo em até quatro anos

Zagueiro disse que as eliminações no Paulistão, Copa do Brasil e Sul-Americana prejudicaram imagem do ex-goleiro

O Estado de S.Paulo

01 Dezembro 2017 | 07h00

O zagueiro Lugano, do São Paulo, disse na última quinta-feira que vê o técnico Rogério Ceni retornando ao Morumbi em até quatro anos e se reencontrando com títulos, como foi sua passagem como goleiro pelo clube. O uruguaio lamentou que o ex-treinador não pôde concluir seu planejamento na equipe em 2017.

Lugano treina entre os titulares do São Paulo e deve jogar contra o Bahia

"O Rogério é um cara maluco por trabalho, não vai querer deixar as coisas como acontecerem", disse, ao Sportv. Não tenho dúvidas de que, em três ou quatro anos, ele vai voltar para ser campeão. O que aconteceu neste ano foi apenas uma etapa."

Para Lugano, as eliminações no Paulistão, Copa do Brasil e Sul-Americana prejudicaram um pouco a imagem de Ceni no meio da temporada. "Rogério contagiou o elenco. Tínhamos a convicção de que ganharíamos um título este ano, mas aí vieram as eliminações. O elenco não teve a força para reagir, e acabamos prejudicando um pouco a imagem dele. Mas aqui dentro ele deixou conceitos futebolísticos interessantes e modernos, foi aquele cara competitivo e ganhador de sempre."

Lugano deve se despedir do São Paulo no jogo contra o Bahia, como titular, em sua última atuação com a camisa do clube. Ele ainda não se decidiu se vai continuar a jogar ou vai se aposentar, e estuda uma proposta para um cargo no departamento de futebol do São Paulo em 2018.

"Conversaram comigo sobre o que eu pretendia fazer num futuro próximo. Eles têm a intenção de que eu continua no clube. Não é algo muito profundo, eu não dei muita abertura porque na verdade não sei o que quero. Tenho medo de ficar num vazio, não terminar de virar a página. Não estou seguro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.