Guillerme Granja/Reuters
Guillerme Granja/Reuters

Lugano rescinde contrato e fica perto de voltar ao São Paulo

Zagueiro acerta fim do vínculo com o Cerro Porteño, do Paraguai

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

05 de janeiro de 2016 | 20h46

O zagueiro Diego Lugano não é mais jogador do Cerro Porteño. Um reunião nesta terça-feira em Assunção com a presença do presidente do clube, Juan José Zapag, selou o fim da passagem do jogador pela equipe. O término do vínculo deixa o caminho livre para o São Paulo contratar o defensor, que já tem conversas encaminhadas com a diretoria da equipe do Morumbi.

No começo da tarde desta terça-feira, em entrevista ao Estado, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, disse o clube paraguaio era o único entrave para o desfecho da negociação. "Precisamos esperar o Cerro Porteño. Não temos nada a fazer a não ser aguardar que as coisas se resolvam por lá", afirmou.

O São Paulo ainda não confirmou a contratação do jogador, embora a diretoria considerasse o acerto provável. "Não existe uma conversa assim tão avançada com o Lugano. Mas há perspectivas de bom entendimento", comentou Leco. O uruguaio passou pelo clube entre 2003 e 2006, quando conquistou a torcida e foi campeão de torneios como a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes, em 2005.

De acordo com o jornal paraguaio Ultima Hora, a diretoria do Cerro Porteño inclusive já procura um substituto. A prioridade é Marcos Cáceres, defensor que atua no Newell's Old Boys, da Argentina.

Existe a possibilidade do novo reforço são-paulino ser confirmado ainda nesta quarta-feira. Além dele, o clube está perto de fechar a vinda do lateral-esquerdo chileno Eugenio Mena, por empréstimo. O jogador atuou na última temporada pelo Cruzeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.