JF Diorio|Estadão
JF Diorio|Estadão

Lugano sofre lesão na coxa e desfalcará São Paulo na Bolívia

Zagueiro uruguaio sentiu um estiramento na perna esquerda

Estadão Conteúdo

19 de abril de 2016 | 10h53

O São Paulo ganhou um desfalque de peso para o duelo decisivo que o time fará nesta quinta-feira, contra o The Strongest, em La Paz, pela Copa Libertadores. O clube confirmou nesta terça que Diego Lugano sofreu um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda e ficará fora do time "nas próximas semanas" e, desta forma, nem seguirá para a Bolívia com a delegação tricolor.

O zagueiro uruguaio se lesionou durante a derrota por 4 a 1 para o Audax, sofrida no último domingo, em Osasco, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. A lesão só foi ser descoberta, porém, depois que o defensor reclamou de dores na reapresentação do elenco aos treinos, na última segunda-feira, no CT da Barra Funda. E exames realizados posteriormente confirmaram a gravidade do problema.

Por meio de nota, o clube informou nesta terça-feira que o jogador já iniciou o processo de fisioterapia no REFFIS do clube e seguirá "trabalhando em período integral nos próximos dias até reunir condições de treinar no campo e, consequentemente, ficar novamente à disposição de Patón (o técnico Edgardo Bauza)".

Sem Lugano, o treinador ainda tem outras quatro opções para o setor defensivo: Maicon, Rodrigo Caio, Lucão e Lyanco, todos inscritos na Libertadores e em condições de enfrentar o The Strongest.

Lugano já ficou na reserva da equipe tricolor no duelo diante do River Plate, na semana passada, no Morumbi, onde Maicon foi titular da zaga ao lado de Rodrigo Caio. No domingo, porém, o primeiro deles saiu do time para a entrada de Lugano, dando continuidade ao rodízio que vem sendo promovido por Bauza na equipe titular.

Sem poder contar com um dos seus principais líderes em campo, o São Paulo precisará de ao menos um empate para avançar às oitavas de final da Libertadores. Em caso de derrota, a equipe será eliminada já na fase de grupos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.