Werther Santana/Estadão - 06.11.2012
Werther Santana/Estadão - 06.11.2012

Luis Alvaro fica decepcionado, mas não critica Neymar

Presidente licenciado do Santos lembra que teve relacionamento de pai para filho com o jogador

Sanches Filho, O Estado de S.Paulo

19 de fevereiro de 2014 | 21h41

SANTOS - O presidente licenciado do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, voltava de uma consulta médica nesta quarta-feira à noite quando soube das críticas que ele e o presidente em exercício, Odílio Rodrigues Filho, receberam de Neymar, em desabafo no perfil do jogador no Instagram. Depois de ouvir por telefone a leitura da manifestação do maior ídolo santista depois de Pelé, o dirigente demonstrou-se decepcionado, mas não contra-atacou o craque.

"Neymar é um garoto e tem ligação muito grande com o pai. Meu estado de saúde piorou ultimamente, estou com uma filha também com problema de saúde e venho tentando reerguer a minha empresa. Estou voltando do médico e ele me proibiu de dar entrevista. Ele queria que eu entrasse em recesso, suspendendo até a minha fisioterapia (respiratória)", disse à reportagem do Estado.

Depois de dizer que "esse assunto não me interessa mais", Luis Alvaro fez questão de lembrar que teve relacionamento quase de pai para filho com Neymar enquanto estava na presidência e o jogador era do Santos.

"Tratei Neymar como se fosse meu filho e o convenci a continuar no Santos, desistindo de propostas milionárias do exterior. Não tenho mais nada a falar sobre isso. Deixamos a Justiça tratar do assunto. Contratamos um escritório de advocacia na Espanha e queremos ver esses contratos para sabermos se os 10 milhões de euros foram pagos pelo Barcelona quando Neymar tinha contrato com o Santos", finalizou o dirigente. Odílio foi procurado, mas não atendeu a ligação.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCNeymarLuis Alvaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.