AFP Photo/Luis Genee
AFP Photo/Luis Genee

Luis Enrique diz que está 'aliviado' com decisão de sair do Barcelona

Depois de três anos, técnico vai deixar o cargo ao final da temporada

Estadao Conteudo

03 de março de 2017 | 13h34

Livre das dúvidas sobre o seu futuro, Luis Enrique quer ter um final feliz na sua etapa de três anos à frente do Barcelona. O técnico disse nesta sexta-feira se sentir "aliviado" pela sua decisão de deixar o cargo ao final da temporada, e assinalou que a meta nos seus últimos meses no banco continua sendo a mesma: ganhar a maior quantidade de troféus.

"De certo modo, também um pouco aliviado e focalizando a atenção neste final de temporada apaixonante pelo que significa, pelas possibilidades que temos e os objetivos claros que buscamos", disse Luis Enrique, nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, dois dias depois de deixar o cargo quando terminar a temporada.

"Só tenho obsessão pelos meus últimos meses no clube, aproveitá-los, dar minha melhor versão, as melhores opções aos meus jogadores e ganhar títulos. É para o que vim e não penso em distorcer os meus objetivos", acrescentou.

Luis Enrique insistiu que sua decisão de sair do clube foi por motivos pessoais, e negou que exista tensão envolvendo a diretoria ou seus jogadores. "Tenho uma relação atual normal com o vestiário. A decisão é pelo que contei, não porque alguém me machuquei ou eu machuquei alguém. Pelo contrário, com o passar das temporadas acredito que tenho a melhor relação com o elenco", afirmou.

"É uma falha que tenho como treinador, não sei desconectar. Faz com que o 'modo on' fique ligado muitas horas ao dia. Eu vejo treinadores que estão muitos anos e aproveitam sua profissão, esse não é meu caso", acrescentou.

O treinador anunciou sua decisão na última quarta-feira, depois de um triunfo por 6 a 1 sobre o Sporting Gijón. Esse resultado, junto com o empate por 3 a 3 do Real Madrid contra o Las Palmas, deixou a equipe catalã na liderança do Campeonato Espanhol.

Porém, Luis Enrique esteve sob questionamento pelo desempenho irregular do Barcelona nesta temporada, especialmente após a humilhante derrota por 4 a 0 para o Paris Saint-Germain, há duas semanas, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O Barcelona agora vai buscar uma virada épica como mandante, na próxima quarta-feira, mas antes, neste sábado, duela com o Celta de Vigo pelo Campeonato Espanhol. Além disso, está na final da Copa do Rei, marcada para maio, contra o Alavés.

O ex-jogador disse que ainda não pensou no seu futuro, mas brincou "certamente minha mulher não me aguenta um ano em casa". "Não tenha nada do que me arrepender na minha profissão. Certamente há muitas coisas a melhorar, sou autocrítico comigo e é uma das causas do meu desgaste", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Luis EnriquefutebolBarcelona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.