Quique Garcia/EFE
Quique Garcia/EFE

Luis Enrique lamenta lesão de Messi no Barça: 'É insubstituível'

Técnico do Barcelona já procura novo 'protagonista' para o time

Estadão Conteúdo

28 de setembro de 2015 | 11h53

O Barcelona terá que lidar com a ausência de Lionel Messi pelas próximas semanas. A lesão no ligamento de seu joelho esquerdo, sofrida neste fim de semana, causará uma grande dor de cabeça para o técnico Luis Enrique, que admitiu não ter peças para substitui-lo à altura.

"Um jogador como o Leo (Messi) é insubstituível. Para nosso time será um desafio muito importante e atrativo. Creio que estejamos à altura, mas não podemos pretender substituir um jogador como o Leo. Trataremos de fazer o mesmo, mas com protagonistas diferentes", disse nesta segunda-feira.

O primeiro desafio sem um dos maiores jogadores de todos os tempos será contra o Bayer Leverkusen, nesta terça-feira, na Espanha. E para a partida, Luis Enrique já avisou que não mudará a forma de Neymar atuar. Rumores nos jornais espanhóis davam conta de que o brasileiro seria posicionado para substituir Messi.

"Somente um jornalista poderia falar isso. Meus jogadores sempre dão um passo à frente. Neymar tem que seguir fazendo o que faz o Neymar, o Suárez como Suárez e o Iniesta como Iniesta. Eles fazem isso muito bem. Não se trata de dar um passo á frente, nenhum treinador pediria isso", comentou.

Get Adobe Flash player

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.