Divulgação
Divulgação

Luis Enrique nega Barcelona favorito na final do Mundial

Neste domingo, catalães decidem título contra o River Plate

Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2015 | 11h53

Apesar da tríplice coroa conquistada neste ano, do elenco estelar e da folha salarial astronômica, o Barcelona não deve ser encarado como favorito para a final do Mundial de Clubes, diz o técnico Luis Enrique. Neste sábado, véspera da decisão, o treinador alertou o time catalão para o perigo de se entrar em campo na condição de favorito.

"Nos colocam como favoritos em toda partida, é uma história que já conhecemos. E já vimos também que esse favoritismo nem sempre nos leva a um lugar bom. No futebol, as surpresas estão na ordem do dia", alertou o treinador, preocupado com a pressão imposta ao clube catalão.

Luis Enrique prevê um bom duelo com o River Plate, bem mais complicado do que teve na estreia, contra o chinês Guangzhou Evergrande, comandado por Luiz Felipe Scolari. "Chegamos os dois favoritos a esta final. Não vamos mudar nosso estilo e vamos jogar o que sabemos. O rival vai tentar evitar isso da maneira que considere oportuna, com posse de bola ou intensidade física", previu o técnico espanhol.

Para o jogo decisivo, na manhã deste domingo, com início às 8h30 (horário de Brasília), Luis Enrique ainda não sabe se terá Lionel Messi e Neymar em campo. A dupla treinou normalmente neste sábado, mas segue como dúvida. O argentino se recupera de uma crise renal, enquanto o brasileiro está praticamente reabilitado de um problema muscular na coxa esquerda.

Sem a dupla, o Barcelona venceu com tranquilidade o Guangzhou Evergrande por 3 a 0. O uruguaio Luis Suárez marcou os três gols na semifinal do Mundial, na quinta-feira. O River Plate, contudo, deverá ser adversário mais complicado para a equipe europeia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.